A pedra conceitual: 4 elementos para criar uma marca sólida

Nasce te Ipsum. A forma latina da inscrição atribuída a Tales, no templo da cidade grega de Delfos, tem por sua tradução: “Conhece-te a ti mesmo”. A Suda, uma enciclopédia do conhecimento grego datada do século X, direciona esta inscrição àqueles que buscam ultrapassar aquilo que são.

Podemos aplicar esta máxima e direciona-la a empresas que anseiam ultrapassar os seus limites, mas para isso, precisam alcançar primeiro o auto-conhecimento.
Esta não é uma tarefa fácil, ao contrário, ela provém de uma profunda reflexão acerca do mercado onde se encontra e de suas próprias práticas, anseios e filosofias de trabalho.

A Jornada para a Pedra Conceitual e os 4 elementos de uma marca sólida.

“Quem é você?”, perguntou a Lagarta.

Não era uma maneira encorajadora de iniciar uma conversa.

Alice retrucou, bastante timidamente: “Eu — eu não sei muito bem, Senhora, no presente momento — pelo menos eu sei quem eu era quando levantei esta manhã, mas acho que tenho mudado muitas vezes desde então.” – Alice no país das Maravilhas.

Iniciar um empreendimento cheio de sonhos e aspirações é algo comum, bem como, idealizar a marca que o representará. Porém, ao despertar para o mercado, surge a percepção de que muitas das coisas as quais foram idealizadas não eram bem como o esperado. Surgem então os primeiros choques de realidade e os primeiros questionamentos sobre quem você é.

Como criar uma marca de respeito?

Quem é você no mercado? – Não é uma pergunta encorajadora a quem está começando, mas é extremamente necessária a quem deseja ir além do comum.

A resposta mais óbvia, é também a primeira a ser dada: Qual o seu nome? Neste caso, qual o nome que representa sua marca?

A criação do nome deverá transmitir a seus interlocutores respeito, empatia, segurança, conceito e afinidade com o seu ramo de atuação. Sua pronúncia deverá ser objetiva e soar agradavelmente aos ouvidos de seu público alvo. Identificar os seus significados, em diversos idiomas, e avaliar se todos são positivos também é de extrema importância.

1 – Dê um sorriso ao mercado! Mostre o seu rosto!

Já encontrou o nome ideal? Então é hora de criar uma logo que o apresente visualmente a este mercado.
Engana-se quem pensa que para isto basta saber operar um software de edição de imagens. O processo de criação de uma logo assertiva deve iniciar com uma longa conversa. Esta é a hora de contar a sua história, a história de sua empresa, os caminhos que ela encontrou para mudar o mundo, quem são os seus clientes ideais, quais os problemas que o seu produto ou serviço resolvem, os seus diferenciais…

De posse destas informações, inicia-se um processo de tradução para um ícone que expresse ao máximo a mensagem que sua empresa deseja passar ao mundo.

2 – Escolhendo a tipografia ideal

A escolha da tipografia é um importante passo na construção de sua imagem, ela pode ser definitiva nas sensações que sua marca irá transmitir. Devemos encarar a tipografia como a voz que irá pronunciar o nome de sua empresa, ela deverá ter uma personalidade similar a do seu público e deverá ser legível.

3 – O poder de comunicação das cores

As cores não são apenas adornos de uma logo, elas tem papel importante na construção do conceito de sua marca, uma vez que os padrões pré-estabelecidos em sua logo, nortearão todos os materiais visuais que representarão o seu negócio no futuro bem como a linguagem dos conteúdos produzidos. Cores transmitem sensações e sentimentos (figura abaixo). Elas devem atuar de forma harmônica e equilibrada. Cores demais só concordam entre si no escuro e a sua marca procura o oposto, ela quer brilhar.

 

4 – Slogan: Uma frase sob medida para marca!

O slogan serve para reforçar a sua atuação no mercado e passar a seu cliente alvo uma ideia do que irá encontrar em seu universo empresarial. É outra rotina que parece simples, mas requer criatividade para fugir do clichê, imersão no mercado e avançadas técnicas de neurolinguística. Um bom slogan poderá destacar a visibilidade de sua empresa em relação aos seus concorrentes.

Uma marca construída sob a observância destas rotinas está pronta para encantar o cliente e iniciar sua epopéia rumo ao mercado, pois tem ao seu lado um valoroso conceito sólido como uma rocha. É hora então de partir em busca de um novo artefato que lhe trará crescimento: A Capa da visibilidade.

 

Gostou? Quer receber todas as novidades de nosso blog? Então deixe seu e-mail que vamos te enviar!

Se você busca uma agência de resultados, confira o site da Excelere.

Voltar para a home do blog.

Deixe uma resposta